Minha Rotina de Organizadora

08/11/2016

Imagem destaque

Olá, hoje eu estou aqui para contar um pouco da minha casa e da minha rotina de organizadora.

Às vezes me perguntam:

  • Sua casa deve ser super organizada né?
  • Queria ver sua casa! Deve ser impecável!

Bem, sou organizadora há pouco mais de 10 anos, já passei pela fase da neura até a fase relaxada.

Sou casada há 22 anos e tenho 3 filhos em idades bem diferentes, 21, 19 e 6 anos.

Então imagina o paradoxo que vivo! Não posso ficar bitolada com a casa, senão não faço nada, já que estudo e trabalho pela manhã, de tarde trabalho e escrevo e a noite leio, assisto TV e brinco com o Leo. Preciso criar sistemas que funcionem para a minha casa e que não me estressem.

Sou arquiteta e decoradora também e criar sistemas de organização que funcionem e ainda deixem tudo esteticamente bonito, já que gosto muito de detalhes, não é nada fácil!

Hoje já não me importo com sapatos na porta de casa e nem com casacos espalhados pelos sofás. Estou na fase, graças a Deus, do “Chegaram em casa, ufa!”

O caçula já é mais complicado, porque ele adora espalhar os brinquedos pela casa toda e aos finais de semana eu libero para ele armar barraca, montar campos de batalha, enfim, tudo o que uma criança super ativa e com 6 anos gosta de brincar.

Eu preciso entendê-lo e nos meus cursos e consultorias sugiro sempre que a pessoa acostume-se com isso. Não existe técnica para a criança não bagunçar a casa. Eles precisam disso! Então não tenho opções.

A bagunça da criança não pode me incomodar e eu preciso agradecer, afinal meu filho está vivo e cheio de saúde.

 

E hoje quero mostrar como fica a minha casa no dia que ele tem os espaços livres.

Nosso combinado é: terminou de brincar?! Guarda tudo!

Então esse são os limites dele, finais de semana liberados e guarda tudo no final. Para isso tive que pensar numa forma simples para que ele cumprisse esse combinado. Abri mão da decoração e agora o que enfeita a casa são cestos de brinquedos. A casa fica de pernas para o ar sim, porque em casa é lugar de liberdade, de aconchego, e se ele não tiver isso em casa vai buscar em outro lugar.

O combinado com os mais velhos, conto depois. Hoje em especial quero dizer que minha casa não é perfeita, não é toda organizada e eu não me incomodo com os brinquedos pelo chão.

Porque a organização precisar libertar e não escravizar!

Por isso ensinamos técnicas que funcionam e mantém a casa habitável, aconchegante, cheirosa e o lugar mais esperado do dia para tirar os sapatos, brincar com o brinquedo favorito e deixar o copo em cima da pia, porque agora quero relaxar!
E essa é a minha casa quando a bagunça está liberada! Adoro ela assim, do jeitinho que é <3

foto17

foto16

foto15

foto13

 

foto11

foto9

foto7

foto6

foto5

 

foto3

 

foto2

 

foto1

Quem Escreveu?
Tati Godoy

Tati Godoy

Sou uma apaixonada pela vida, pela casa e por minha família! Desde pequena minha mãe nos colocava para fazer a faxina da semana e organizar tudo em casa, do quarto até a cozinha, acho que veio desses tempos a paixão que tenho hoje por organização.

Acompanhe meus videos
Me Segue no insta :)